Como utilizar o Profiler no processo seletivo?

O Profiler pode auxiliar na assertividade das contratações da sua empresa. Entenda como utilizar seus indicadores:

Destrinchamos as possibilidades em três tópicos:

1) Em primeiro lugar, lembre-se que é necessário fazer uma engenharia de cargo detalhada para ajudar no processo de recrutamento e seleção. Ao definir de forma específica as características de um cargo é possível traçar qual profissional seria ideal para a posição. 

Com o Profiler e a engenharia de cargo podemos ver o nível de aderência que aquele candidato tem com o cargo. Por exemplo: se o cargo pede uma pessoa com perfil Executor por conta da velocidade esperada para as entregas, sabemos que um Planejador poderia enfrentar uma maior dificuldade com essa característica, pois valorizam muito não apenas os prazos, mas também um bom planejamento antes da execução, o que pode demorar um pouco mais para a aplicação efetiva das entregas.

2) Além disso, os indicadores situacionais definem o momento atual da pessoa e são mutáveis, ou seja, se alteram de acordo com o ambiente, desafios e exigências enfrentadas. Logo, não devem ser tomados como características intrínsecas àquele candidato, e sim como fatores que podem ser desenvolvidos. 

Existem dois indicadores que devem receber mais atenção: a amplitude e a flexibilidade. A amplitude indica o quanto essa pessoa influencia o ambiente onde ela trabalha e o quanto ele a influencia. Já a flexibilidade indica o quanto a pessoa consegue se adaptar às mudanças e como ela absorve os desafios daquele momento. Eles são importantes para entender como aquela pessoa se adequa ao ambiente da vaga. 

profis.png

3) Por último, recomendamos que você desbloqueie o relatório Profiler dos candidatos já nas etapas finais, quando o processo já está avançado e temos menos candidatos. Damos essa dica porque, ao abrir uma vaga, você ganha cinco créditos de desbloqueio de Profiler, então deve usá-los com cautela. 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 8 de 10

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.