Engenharia de Cargos

A Engenharia de Cargos é uma ferramenta fundamental para os processos de desenvolvimento dos colaboradores, assim como para os de recrutamento. Entenda melhor como elaborá-la:


A engenharia de cargos auxilia no processo de identificação do perfil profissional ideal para cada posição da empresa. De forma objetiva, a engenharia de cargos é o desenho de todos os cargos a partir das atividades e competências que devem ser desenvolvidas por quem os ocupa. 

Com ela, a busca pelo candidato ideal para as atividades necessárias se torna mais fácil, além de facilitar o desenvolvimento dos colaboradores, visto que sugere as competências que eles devem desenvolver.

Com isso em mente, é importante lembrar que um fator imprescindível para a construção da Engenharia de Cargo é a definição de competências.

Competência:
Capacidade de mobilizar recursos em práticas de trabalho. Combinação de conhecimentos e habilidades que uma pessoa possui para atuar sobre as situações práticas do cotidiano e na resolução de problemas.

Dentro disso, existem as Soft Skills e as Hard Skills. As Soft Skills são chamadas, em português, de Competências Comportamentais. A definição é: atitudes e hábitos utilizados para agir em determinados contextos. Podem ser adquiridas a partir de estímulos gerados pelo ambiente. Exemplos: inteligência emocional, trabalho em equipe, liderança, sociabilidade e resolução de problemas complexos. 

Já as Hard Skills, também chamadas de Competências Técnicas, são definidas pela capacidade de aplicação de conhecimento técnico. Podem ser adquiridas por meio de estudo, treinamento ou experiência prática. Exemplos: inglês avançado, habilidade com Excel, Photoshop, linguagens de programação e negociação. 

Na Escola de Pessoas existe um curso que proporciona o conhecimento mais aprofundado das diferenças entre as competências. 
Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 3 de 4

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.