Hierarquia de Cargos: como utilizar?

A Hierarquia de Cargos é uma classificação muito importante nas vagas da empresa. Entenda, aqui, como utilizá-la:

Essa subdivisão diz respeito ao grau hierárquico de cada posição na sua empresa. Ela indica o nível de tomada de decisões que um colaborador tem na empresa, ou seja, qual peso a decisão de cada um tem e para quem essa decisões são reportadas. 

O grau hierárquico segue essas colocações: alto, médio e baixo. Geralmente, os cargos de grau alto são: 

  • sócios;
  • CEOs;
  • diretores.

Enquanto os de grau médio são:

  • gerentes;
  • supervisores;
  • entre outros.

Por fim, de grau baixo temos:

  • assistentes;
  • analistas;
  • estagiários.

    O que essa estrutura significa?

    Significa que, em uma situação hipotética, um analista responde diretamente a um gerente, enquanto esse gerente responde à direção. 

    No entanto, é importante avaliar e validar como está a divisão de cargos na sua empresa. Isto é, avaliar como cada colaborador está atuando naquele momento e como as decisões que aquela pessoa toma afetam os demais colaboradores. 

    Não necessariamente um analista é um cargo de grau hierárquico baixo, ele pode estar cumprindo uma função de grau médio, como um coordenador, tornando-o um analista de grau hierárquico médio. 

    Como posso utilizar essa classificação?

    Na Sólides, quando você está cadastrando colaboradores, pode colocar qual o grau hierárquico de cada uma dessas pessoas. Ao exportar seus colaboradores por planilha, você terá uma coluna específica com essa informação. 

    É importante manter o grau hierárquico de cada cargo atualizado e tê-lo organizado em uma planilha, pois isso também auxilia no processo de recrutamento e seleção da sua empresa. Com um quadro mais amplo do grau de cada cargo é mais fácil definir qual o perfil da pessoa que você precisa contratar. 

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 5 de 6

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.